quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Noites a fio

por Keissy Carvelli

Perco o ar num suspiro longo
Sem reticências de amores
Nem aspectos dos seus traços
Distintos e distantes
Como um raio de sol
Queimando minha pele branca
Num misto de prazer e dor.

Perco o gesto num descontrole frígido.
Desses seus risos que me invadem,
Dessas suas formas que me tomam,
O silêncio ensurdecedor me faz sorrir
Por noites a fio
Desenhando nos meus sonhos
O possível gosto do seu beijo,
Dos seus olhos, do seu ar...

Toco seu rosto em idéias
Imaginárias e sutis;
Sinto o timbre da sua voz
Em pedaços do que há de mim
Espalhados por aí.

Perco o ar num suspiro longo
E já não respiro
Longe do pensamento em você




3 comentários:

Mr. Ziggy disse...

Quanta intensidade e lirismo! Lindo! Bjos.

Jéssica V. Amâncio disse...

Leio isso "Num misto de prazer e dor"
;)

Nana disse...

fez sucesso.
já dei minha opinião.
que fique entre nós :)
mas sem nós

: *