segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Citação

por Keissy Carvelli

Eu estou aceitando qualquer coisa.

Aceito o teu perdão, teu senão, teus erros, teus conflitos e medos. Aceito tua saudade, tua carência, teus meninos, teus desatinos, teus beijos, e tua distância.
Vou aceitando os teus sorrisos, tuas mãos, teus cabelos, teu corpo inteiro. Vou aceitando o teu egoísmo, teu altruísmo, teus amores, teus amigos, teus sabores e teus delírios.
Aceito o teu choro, as tuas frases, teus diálogos, teus ciúmes, teus passos e descompassos. Aceito tuas pausas, teus critérios, teus segredos, teus passeios, teus gostos e desgostos.
Aceito teu atraso, teus cigarros, teu abraço, teu silêncio, tuas euforias, tuas piadas, tuas magias. Aceito o teu sotaque, tuas músicas, teu sobrenome, tua cultura. Aceito teus desejos, tuas manias, tuas maneiras.
Eu aceito teus pedidos, teus recuos, tuas hipérboles e transgressões. Eu aceito os seus avessos, seus contextos, e suas paixões. Eu aceito porque não aceitar é poesia sem rimar.

3 comentários:

diariolbr disse...

Aceita receber em seu email nossa newsletter semanal e promoções do site?

dica disse...

lindo texto, keissai. lindo

Ela quer te comer disse...

o.o depois dessa só me resta linkar o.o